O que provoca o movimento de translação?

+2 votos
1,137 visitas
perguntou Set 19, 2014 em Astrofísica por Ricardo Teixeira AstroCurioso (1,500 pontos)
recategorizado Dez 11, 2014 por Guilherme de Almeida
A Terra e os outros planetas do sistema solar giram à volta do sol. O sol e as outras estrelas giram à volta do centro da galáxia. O que provocou esse movimento? E o que mantém esse movimento? Eu sei que a primeira lei de Newton diz que  inércia só é alterada se aplicar uma força, mas o tecido espaço tempo não provoca atrito ao movimento?
  

1 Resposta

+1 voto
respondida Set 20, 2014 por Filipe Dias Astrónomo Avançado (6,410 pontos)
selecionada Dez 30, 2014 por Administrador
 
Melhor resposta

"Atrito" é como uma força (ou um par delas) que depende de uma velocidade. É algo que depende do próprio movimento da "coisa que se move" (face a outras - com as quais interage). Esta dependência manifesta-se ao ser "libertada" energia nesse processo: alguma da energia cinética é convertida noutra energia (térmica) que depois não pode ser re-aproveitada no movimento (foi dissipada).

Isto também existe no espaço, se pensarmos num sistema estelar em formação! Até algo muito parecido com "atrito" é que é responsável por que num sistema estelar se esteja à espera que todos os planetas se movam (translação em torno da estrela) no mesmo sentido! Ou seja, um "atrito" até pode ser visto como uma das coisas que convence o material a começar a andar de certa maneira à volta da estrela! E também uma das coisas que faz com que seja "radiado calor" para fora de um sistema estelar em formação, num disco de poeiras..

A distorção do espaço-tempo é outra coisa.. é algo que podemos usar para ilustrar o que é uma força como a da gravidade (num outro contexto). É como uma folha de papel onde desenhamos as coisas quando estamos a explicar o funcionamento do sistema solar! Digamos que não é por eu usar papel ou acetato que a explicação fica diferente :-) É um "modelo de explicação" que aparece quando de repente alguém se lembra de fazer variar a forma como o "tempo passa" em função da velocidade da coisa/sítio onde esse tempo é observado/medido... Ou seja, é outro problema (relatividade) que não é necessário lidar para já..

Ora eu disse ali em cima que a força de atrito depende da "velocidade da coisa"... E disse pouco depois que o espaço-tem faz variar uma dimensão (tempo) em funcão da "velocidade da coisa"... Hmmm, Poderá isto também vir a ser uma "força de atrito", porque depende da velocidade? Na realidade não, porque não há propriamente dissipação da energia, ou transformação de energia em algo que não pode ser aproveitado depois. Simplesmente um relógio passa a andar mais de vagar enquanto viajar depressa, mas volta a andar como de antes mal a velocidade seja reposta. Caso contrário este relógio ficaria irremediavelmente a atrasar-se, a partir do momento que se tinha mudado a sua velocidade da primeira vez.. Ou seja, o espaço-tempo não vai mudar irremediavelmente a velocidade das coisas, e aquilo que muda é só "aparente".

Para a resposta da pergunta, já dá para perceber que se algo "já está" em movimento em relação a um referencial que imaginemos, não havendo atrito entre essa "coisa" e esse referencial imaginado (e como tal sem interação), a "coisa" não há-de parar tão cedo...  Falta responder à parte de "então como é que aquilo começou a andar?". O curioso é que se pensarmos num universo uniforme e homogénio, não é possível pôr coisas a girar... É preciso uma "ovelha negra" de pensamento que torne alguma parte mais densa ou outra menos densa, ou "coisas" a andar a velocidades diferentes, para que se perceba como algo pode começar a girar, e talvez até com um pouquinho de ajuda do tal "atrito" :)

Bem-vindo ao Astronomia Q&A, lugar onde poderá perguntar e receber respostas de outros membros da comunidade.

Para profissionais e amadores nos campos da astronomia, astrofísica, astronomia e astrofísica teórica, astronomia observacional, astronomia solar, ciências planetárias, astronomia estelar, astronomia galáctica e extra-galáctica, cosmologia, astrobiologia entre muitas outras.



Antes de doar leia o nosso comunicado

146 perguntas

186 respostas

157 comentários

174 utilizadores

Partilhar Questão

Contador de Visitas
...