+5 votos
1.7k visitas
em Sistema Solar por AstroCurioso (1.6k pontos)
O que influencia a velocidade de rotação? E porque Vénus tem um sentido de rotação diferente dos outros planetas?

2 Respostas

+1 voto
por Galáctico (31.5k pontos)
editado por
 
Melhor resposta

Começando por Vénus (e Neptuno),  o movimento de rotação em sentido oposto aos restantes deve-se provavelmente a uma colisão no passado, com um corpo de massa considerável, colisão tão violenta que fez inverter o seu sentido de rotação. Quando um corpo roda e o forçamos a tombar o seu eixo de rotação mais de 90º, podemos ver que o sentido de rotação se inverte.  Quem me está a ler, faça rodar lentamente uma tijela e  tombe o seu eixo, enquanto roda. Com esta experiência, fica claro.

Quanto à maior velocidade angular dos planetas gasosos, veja-se que estes têm grande massa. Formaram-se, portanto, a partir de partes de maior massa e maior extensão (do que no caso dos planetas como a Terra) expelidas da nuvem protossolar (nuvem primordial que origiou o Sol, os planetas e outros corpos deste sistema).

Na agregação gravitacional (por acreção), o seu momento angular aumentou mais (em obediência à lei da conservação do momento angular) do que nos corpos que se formaram a partir de  parcelas de matéria de menor massa e menor dimensão.

Na contração de um sistema em rotação, originada por forças interiores, o momento angular* mantêm-se constante, e logo uma redução de diâmetro tem de ir acompanhada por um aumento de velocidade angular de rotação [pense-se na bailarina, quando (a rodar) aproxima os braços do eixo do seu corpo]: a sua velocidade angular aumenta (menor período de rotação). Outra razão tem a ver com o facto destes planetas, por terem massas enormes terem colectado muito mais matéria à sua volta, que já possuía momento angular proveniente da nuvem primordial. A aproximação e colisão dessa chuva imensa de matéria, que levou à acreção de mais matéria ainda, aportou mais momento angular a esses planetas gigantes gasosos. É compreensível que num "campeonato de acreção", ganhem os corpos de maior massa inicial...

* Para quem estiver menos familarizado com o conceito de momento angular (L), pode dizer-se que este mede  "a quantidade de movimento em rotação". Para uma partícula de massa m, à distância r do eixo de rotação,  girando circularmente em torno do eixo de rotação com velocidade v, o seu momento angular L valerá, em relação a esse eixo:

L = m v r

Para uma esfera de massa M e raio R, a girar com velocidade angular w, será L =I w , com I (momento de inércia) a valer I = (2/5^) M R^2   . Portanto,  para a esfera, L = [(2/5) M R^2] w .

No Sistema Internacional de Unidades (SI), o momento angular mede-se em  kg.m^2.s^-1

(NOTA_--escrevo aqui "w" , e não o ómega minúsculo que devia ser, por este carácter não estar disponível nas ferramentas aqui presentes)

GA

https://galmeida50.wixsite.com/artigosediversos

–1 voto
por (120 pontos)
a resposta que colocaram ali é uma tremenda besteira, a respostsa é outra....
por Astrónomo Avançado (8.4k pontos)
Caro amigo, dizer que a resposta é outra e não elaborar, com por exemplo, a resposta correcta, não ajuda e não corrige em nada. Caso queira poderá elaborar a sua resposta, pois isso ajudará. Caso contrário a sua resposta será removida.
por (120 pontos)

ok amigo vc está certo, vamos as respostas, primeiro o modelo padrão de como a terra gira e os outros planeta, está errado veja  aqui nesse doc..

o importante não é ver o que ninguém nunca viu, mas sim, pensar o que ninguém nunca pensou  sobre algo que  todo mundo ver.

 

                   A ROTAÇÃODA TERRA

7 - Qual a força responsável pela rotação da terra?

R =  Segundo a versão mais aceita, a rotação da Terra é remanescente do movimento de rotação da nuvem que originou o Sistema Solar  Por inércia, e devido a ausência de atritos, este movimento de rotação permanece,  existem varias outras teorias que tenta explicar esse movimento, O Físico Nassim Haramein, mostra que a terra gira devido a forças geradas pela matriz do espaço tempo, onde no vácuo o campo como um trampolim não apenas se curva gerando a gravidade mas também gira. Isto faz todas as coisas no universo girarem, ( segundo Nassim Harameim a energia cinética que faz o globo girar vem dessa matriz do espaço tempo curvado e  agora  torcido) outra que o que faz mover  seria  o aquecimento da superfície  uma lado aquecido outro frio e a diferença de temperatura fazia se mover por corrente de convecção, há quem diga também que Deus faz gira r, mas, isso ai não é muito cientifico.( https://www.youtube.com/watch?v=0xL0iO9W2ig)

 

Mas isso eu não concordo

Veja o porque:

Mas isso não é totalmente verdadeiro, sendo que quando o planeta faz sua translação ele é bombardeado com forças gravitacionais de atração e forças centrifugas de repulsão,  essas  força interagem em sua rotação, freando o planeta,  se não houvesse  essas  forças  ai sim,  o planeta continuaria com sua  rotação influenciada pela nuvem de poeira que a originou

 Veja o porquê da minha teoria com experimento.

.O que causa o movimento de rotação  da terra é a camada do núcleo interno , Segundo a nova teoria de pesquisadores da Universidade de Leeds, na Inglaterra, esta gigantesca bola de metal no âmago do planeta giraria no sentido leste e  esta orientação justamente cria uma força geomagnética que faz o núcleo externo – composto de metal líquido, especialmente ferro e níquel  se mover no sentido contrário, levando consigo o restante da Terra. o núcleo interno é bem mais espesso. É 3,5 mil km de diâmetro – mais ou menos o tamanho da lua -. Que gira  no sentido leste, a uma velocidade maior do que a rotação da própria Terra que é de 1.600 km/h.....não é só essa a função do núcleo, mas esse é uma das suas funções .

<!--[if gte vml 1]> <![endif]--><!--[if !vml]-->image<!--[endif]-->

Veja que o núcleo interior em movimento fornece energia cinética para  núcleo externo e esse transmite o movimento para o manto,  esse transmite a energia cinética que recebeu para  a crosta terrestre, e assim que temos o movimento rotativo da nossa terra e nos demais planetas.

Veja uma grande  importância da Lua para o planeta Terra

Uma das grandes  importância da Lua para o planeta Terra é a formação das marés de acordo com o seu movimento. Sem o nosso satélite, não haveria movimento dos mares em nossa superfície. As Marés acabam por afetar de forma positiva vários ecossistemas, sem isso muitos deles não existiriam e muito de nossa biodiversidade também não.

As marés são tão importantes  pois os dias seriam mais curtos sem a sua existência, uma vez que elas proporcionam  a diminuição da velocidade de rotação da  terra. Só isso já é suficiente para acabar com  o momento angular da força da poeira que a originou esse movimento. Uma vez que essa força, vai diminuindo sua parada  e a única maneira da terra manter a sua rotação é se houver uma outra força fazendo ela girar, essa é uma das funções do núcleo.um motor gigante movido pela força eletromagnética.

 

Veja o exemplo de um planeta que praticamente quase não tem rotação:

 O planeta VENUS  Conhecido como “Estrela D’Alva”, por causa de seu forte brilho, Vênus tal qual Mercúrio é um planeta que não possui satélite, e uma das causa disso é a falta de rotação ativa, eles tem um movimento muito lento e não pode sustentar lua estáveis em sua orbitas, Vênus é o segundo planeta a partir do sol e o mais perto do planeta Terra.

Seu movimento de rotação é um dos mais lentos, com 243 dias para completar a volta em torno de si mesmo, e o movimento de translação de 225 dias aproximadamente. Sem um núcleo em movimento isso explica porque vênus não tem um núcleo móvel uma prova da falta de campo magnético, e tem seu manto seco.

 A falta de rotação do planeta Vênus, pode ser uma das causa por que ele não tem satélite, nenhuma lua pode orbita Vênus, isso  porque ela não poderia oferecer uma força centrifuga para a sua estabilização  orbital, coisa que só os planetas que tem rotação pode fornecer. um outro caso especial é que  as luas de júpiter por júpiter ser muito mais rápido em sua rotação é que as lua de júpiter ficam muito mais longe e tem as luas orbitando muito mais rápido devido  o planeta júpiter ser mais rápido, enquanto a lua da terra orbita numa velocidade de 1,03 km/s a lua Ganymede  em jupiter orbita o planeta em 10.880 km/s.....espero ter ajudado, se houver duvida, pergunte se eu souber vou ajudar...

por Galáctico (31.5k pontos)
editado por

A causa de as luas de Júpiter terem velocidades de translação muito maiores que a nossa Lua nada tem a ver com a velocidade angular da rotação  joviana. Tem a ver com a enorme massa de Júpiter, que é cerca de 1300 vezes a massa da Terra. A velocidade de translação (v) de uma lua de massa m em torno de um corpo central de massa M, orbitando à distância r,  do corpo central, calcula-se facilmente é igualando a força centrípeta, necessária à curvatura da trajectória orbital (não uma hipotética centrifuga) à força gravitacional:

GMm/r2=mv2/r;  simplificando e desenvolvendo, obtemos v="raiz quadrada de" GM/r,

onde G é a constante universal de gravitação        (G=6,67x10-11Nm2/kg2).

Como se pode ver, a expressão  que dá o valor de v não  tem nenhuma dependência com a velocidade angular (ómega) de rotação  do corpo central.

Isto é apenas uma pequena parte das incoerências  do post anterior. Além disso, usa indevidamente o conceito de força centrífuga. E não  é o facto de um planeta ter rotação lenta, per si que determina se tem ou não mais ou menos luas. Mas essa análise seria demasiado longa e não  estamos aqui para rectificar longas mensagens. Cada um dos utilizadores deste forum que decida em que acreditar.

Por outro lado, a questão das marés está correcta, mas não tem a ver com o que foi inicialmente perguntado. Também o facto de o momento angular de rotação e translação dos planetas derivar do momento angular da nuvem protossolar é correcto e está implícito na minha abordagem inicial. (mas não o referi explicitamente por também não estar directamente incluído na pergunta inicial). A pergunta original apenas se concentrava nisto: «O que influencia a velocidade de rotação? E porque Vénus tem um sentido de rotação diferente dos outros planetas?». E não vale a pena divagar fora da pergunta.Centrei-me na variação da velocidade angular de um planeta num processo de acreção e contracção. De acordo com a lei da conservação do momento angular, a velocidade angular cresce se (na ausência de momentos de forças exteriores) o momento de inércia se reduz, o que é o caso no contexto referido.

Guilherme de Almeida

https://galmeida50.wixsite.com/artigosediversos

Bem-vindo ao Astronomia Q&A, lugar onde poderá perguntar e receber respostas de outros membros da comunidade.

Para profissionais e amadores nos campos da astronomia, astrofísica, astronomia e astrofísica teórica, astronomia observacional, astronomia solar, ciências planetárias, astronomia estelar, astronomia galáctica e extra-galáctica, cosmologia, astrobiologia entre muitas outras.



Antes de doar leia o nosso comunicado

174 perguntas

218 respostas

184 comentários

647 usuários

Contador de Visitas
...