A que velocidade saem as poeiras do núcleo de um cometa?

+4 votos
138 visitas
perguntou 3 Jan, 2015 em Sistema Solar por Filipe Dias Astrónomo Avançado (6,420 pontos)
Anda por aí o C/2014 Q2 (Lovejoy), um cometa que não se aproxima muito do Sol, mas estando ele assim entre 1 ou 2 unidades astronómicas do Sol, a que velocidade é expectável que os gases e poeiras estjm a ser atirados para fora do núcleo do cometa, formando a coma queobservamos a envolvê-lo?
  

1 Resposta

+3 votos
respondida 5 Jan, 2015 por João Calhau Super-Nova (13,660 pontos)
selecionada 5 Jan, 2015 por Administrador
 
Melhor resposta
Costumamos comparar um cometa a uma "bola de neve suja".

Com isto queremos dizer que é composto maioritariamente por gelo e poeiras, normalmente Água, Monóxido e Dióxido de Carbono e mais alguns componentes (Amoniaco, por exemplo). O núcleo de um cometa é relativamente pequeno (o Halley, talvez um dos cometas mais bem conhecidos e que nos visita uma vez em cerca de 75 anos, tem um nucleo de apenas 15 x 8km). À medida que os cometas vão passando perto do Sol nas suas viagens, aquecem e o gelo que os compõe sublima e escapa-se, pelo que os cometas estão sempre condenados a irem diminuindo até eventualmente desaparecerem. Esta sublimação começa quando o nucleo do cometa está a cerca de 3 Unidades Astronómicas (U.A.) do Sol.

Quando chegamos a cerca de 1 U.A. do Sol, como disse, desenvolve-se a Coma, uma cápsula de gás que envolve o cometa e arrasta particulas deste com ela e que pode ter até 100 000km de diâmetro, se não estou em erro. Os gases e particulas arrastados pela coma escapam-se do cometa a velocidades de 0.6km/s (ou 2160km/h).

Não temos a certeza de onde vêm os cometas, mas pensa-se que são originários da Nuvem de Oort, uma região esférica do Sistema Solar a cerca de 0.8 anos-luz do Sol (50 000 U.A.). Suspeita-se que sejam restos dos corpos primordiais que originalmente teriam sido usados para construir o Sistema Solar, particularmente os planetas gigantes como Júpiter e Saturno. O limite da Nuvem de Oort é considerada o fim do Sistema Solar. Dai para fora estamos no espaço sideral.
comentou 5 Jan, 2015 por Filipe Dias Astrónomo Avançado (6,420 pontos)
Obrigado!

A proximidade ao Sol "só" aumenta a quantidade/densidade de poeiras, ou tem alguma influência notória da velocidade a que elas são expelidas?
comentou 5 Jan, 2015 por Guilherme de Almeida Super-Nova (24,890 pontos)
Belo comentário, João. Já lá adicionei o meu voto. (G.Almeida)
comentou 23 Fev, 2015 por João Calhau Super-Nova (13,660 pontos)
Olá e peço desculpa ter demorado tanto a responder: tenho estado fora do País.

Para lhe ser franco não tenho a certeza, mas penso que não terá variação assinalável de velocidade com a proximidade ao Sol. Contudo, confesso não ser a melhor pessoa para responder a isto, já que a minha área não é planetas.

Tentarei encontrar a resposta à sua pergunta mas talvez não fosse má ideia colocar uma pergunta de seguimento no site. Assim aumenta a visibilidade, uma vez que o comentário não aparece na pagina principal...

Bem-vindo ao Astronomia Q&A, lugar onde poderá perguntar e receber respostas de outros membros da comunidade.

Para profissionais e amadores nos campos da astronomia, astrofísica, astronomia e astrofísica teórica, astronomia observacional, astronomia solar, ciências planetárias, astronomia estelar, astronomia galáctica e extra-galáctica, cosmologia, astrobiologia entre muitas outras.



Antes de doar leia o nosso comunicado

150 perguntas

188 respostas

161 comentários

175 usuários

Partilhar Questão

Contador de Visitas
...