Que consequências poderiam acontecer se perdêssemos a Lua?

+5 votos
125 visitas
perguntou 7 Mai, 2015 por Fernando Fernandes AstroCurioso (1,970 pontos)

Há dias, comecei a rever uma série de ficção cientifica (Espaço 1999) em que uma explosão atómica na Lua, atira-a para fora da órbita da Terra. Não entrando na especulação da enormidade da explosão que teria de ser para remover a Lua da sua órbita sem a destruir, que consequências a curto, médio e longo prazo poderiam ocorrer na Terra? A retirada imediata da nossa Lua poderia tornar-se num evento cataclismico na Terra? Ou a sua falta não seria assim tão sentida senão para além da sua beleza nocturna, podendo adaptar-nos ao longo do tempo à sua falta?

  

1 Resposta

+3 votos
respondida 7 Mai, 2015 por João Calhau Super-Nova (13,660 pontos)
selecionada 8 Mai, 2015 por Administrador
 
Melhor resposta

Bom, o efeito de perdermos a beleza nocturna da Lua seria real, claro. Já não teríamos as fases da lua, nem a "Lua das Colheitas". Mas haveria outras consequências:

  • Consequência imediata: As marés tais como as conhecemos desapareceriam. A Lua é responsável por cerca de 60%, se não estou em erro, da intensidade das marés. Caso esta desaparecesse ainda teríamos marés mas estas seguiriam o Sol (que também influencia as marés com a Lua). Isto tornaria as marés muito mais "regulares".
  • Depois temos a consequência a longo termo: O eixo de rotação da Terra não está fixo. Oscila, tal e qual como um pião, num efeito a que chamamos precessão (talvez ja tenha ouvido o termo ao falar-se de "precessão dos equinócios". Trata-se exactamente do que estou a falar, embora este nome só se aplique à Terra - mas os outros planetas também sofrem precessão - e é responsável por, por exemplo a estrela do norte não ter sido sempre a Polaris). Actualmente, o ângulo de precessão é de 23.5º e demoramos cerca de 26000 anos a completar um precessão. Mas se a Lua desaparecesse, isto mudaria: a Terra passaria a oscilar mais num processo que variaria entre os valores actuais e os 80º, aproximadamente. Isto levaria a mudanças climáticas drásticas; um bom exemplo são os efeitos meteorológicos em Marte, que tem um ciclo de precessão muito mais amplo. Este seria o efeito mais drástico mas, como disse, seria a longo termo: milhões de anos.
  • Provavelmente teríamos também alguma actividade vulcânica e sísmica. A Terra não é propriamente "sólida" e a gravidade da Lua causa deformação no nosso planeta. Se a Lua desaparecesse, essa deformação desapareceria e o re-arranjar da estrutura da Terra levaria aos tais tremores de terra e actividade vulcânica.
  • A Terra ficaria mais desprotegida. A Lua actua como uma espécie de escudo, protegendo o nosso planeta de coisas como meteoritos e se esta desaparecesse nós passávamos a levar com isso em cima.

E finalmente a positiva:

  • Deixava de haver poluição luminosa para as minhas observações do céu profundo.

Bem-vindo ao Astronomia Q&A, lugar onde poderá perguntar e receber respostas de outros membros da comunidade.

Para profissionais e amadores nos campos da astronomia, astrofísica, astronomia e astrofísica teórica, astronomia observacional, astronomia solar, ciências planetárias, astronomia estelar, astronomia galáctica e extra-galáctica, cosmologia, astrobiologia entre muitas outras.



Antes de doar leia o nosso comunicado

153 perguntas

193 respostas

162 comentários

179 usuários

Partilhar Questão

Contador de Visitas
...