+3 votos
1.7k visitas
perguntou em Diversos por AstroNovato (920 pontos)
editado por

Vivo nos arredores do Porto (Fânzeres) e a minha varanda está virada a poente. No dia 19 de Setembro às 22:00 enquanto jantava a minha mulher chamou-me a atenção para "umas estrelinhas a piscar". Dirigi-me à varanda e pude ver a poente, bem alto no céu uns pontos brancos a cintilar com um formato de uma... barra. Imediatamente pensei que se tratava de um lazer daqueles das discos... mas depois pareceu-me muito muito improvável. Estes pontos continuaram a cintilar e começaram a deslocar-se para sudoeste. Muito lentamente, e em bando, acabaram por desaparecer a sul. Alguém é capaz de me explicar que raio era aquilo?

Muito obrigado

  

1 Resposta

0 votos
respondida por Galáctico (26.8k pontos)

Bom, como refere poucos dados não é fácil dar uma resposta definitiva. Mas talvez possa dar mais algumas informações:

1) Qual era o comprimento aparente da "barra"? (1º ? 2º ? , mais de 2º?

2) Com que velocidade aparente se movia o conjunto 1º/segundo? 2º/s? Mais rápido?

3) Os pontos luminosos eram todos do mesmo brilho? E eram quantos? (digamos 4; 6; 8; mais de 8).

4) Ouviu algum barulho de motor?

5) O suposto alinhamento dos pontos luminosos, em "barra", manteve-se coeso e sempre alinhado, ou  os pontos luminosos foram-se "desarrumando"  à medida que o conjunto se deslocava?

Talvez com as respostas às questões acima  referidas se possa adiantar mais sobre o que possa ter visto.

Guilherme de Almeida

http://www.platanoeditora.pt/?q=N%2FSEARCHBOOKS%2F92&searchKeys=Guilherme+de+Almeida&ano=&sType=AUTHOR

http://www.wook.pt/product/searchidautores/autor_id/5235/fsel/8066

comentou por AstroNovato (920 pontos)
Viva Guilherme

A barra teria à volta de 4º . Relativamente à velocidade em que se movia é dificil dizer...1º por segundo ...talvez. Os pontos eram todos do mesmo brilho e garantidamente mais de 8.Mais até de 20.Sem som.Desde já posso adiantar que nada tinha a ver com aviões , helicopteros ou avionetes.Vejo todos os dias aviões a passar da minha varanda ( fazem aquela rota em direção ao aeroporto Francisco Sá carneiro ) Reconheço imediatamente.Nada disso. O que vi, e talvez assim possa esclarecer melhor, assemelhava-se a um bando de pássaros numa formação de barra.Os pontos luminosos mantiveram-se sempre alinhados e desapareceram de uma forma gradual (o brilho foi diminuindo a sul)
comentou por Galáctico (26.8k pontos)
+1
Dadas as informações adicionais, pode ser de facto uma formação de pássaros em voo, que sabemos que conserva uma notável regularidade.

Vi uma vez uma coisa parecida, mas em que os pontos luminosos se iam desagregando. Era de facto uma largada de dezenas de pequenos balões brancos, de borracha, cheios de hélio, levados pelo vento..
comentou por AstroNovato (920 pontos)
Uma formação de pássaros???!!!! Acho muito pouco provável. Primeiro, porque estamos a falar de noite escura ( eram 22:00) depois, como expliquei, cintilavam como se fossem estrelas e por último a formação era tipo uma barra ( aquela que temos por cima do algarismo 7 no teclado ) Não consigo dizer com certeza absoluta que se manteve a formação intacta até desaparecer . Mas também não se desagregou.

Seria??'!!!Nunca vi uma formação assim de pássaros, e teriam de ser fluorescentes! Quanto à largada de pequenos balões, isso é que não imagino como será. Estava na esperança que alguém tivesse testemunhado. Achei aquilo tão bizarro!
comentou por Galáctico (26.8k pontos)
editado por

Olá, Agnelo,

Não é assim tão improvável a hipótese de ser uma formação de pássaros, reflectindo luz vinda de luminárias mal projectadas que radiam para cima. Na Tapada da Ajuda, vi os tais balões, de borracha branca (e do tamanho normal de balões de brincar), por pura reflexão das luzes da cidade contra o céu mais escuro, o que dá contraste mais do que suficiente.. E iam bem altos.

Acontece que o albedo* dos balões não é muito diferente do albedo de aves de penas brancas. E provavelmente (sem ter a certeza), a tal cintilação poderia derivar dos movimentos do bater das asas, que fazem variar a área reflectora (e os ângulos de incidência) da luz nas suas penas.

Porém, nesta fase do processo, é claro que não podemos saber ao certo.

* — factor de reflexão, medido pelo quociente do fluxo luminoso reflectido pelo fluxo luminoso recebido.

Guilherme de Almeida

comentou por AstroNovato (920 pontos)
Bom dia Guilherme

Muito obrigado pelas suas respostas e comentários. Compreendo o que me está a dizer.Continuo a achar muito estranho , já que a "formação" continuou a cintilar sempre com a mesma intensidade e a deslocar-se de oeste a sul ( 5 minutos, talvez mais... ) As luminárias teriam de acompanhar os passaros nessa viagem?! Bom, pode ser que qualquer dia volte a acontecer e aí estarei preparado com os meus binóculos ( no dia 19 tinha-os na mala do carro)
comentou por (100 pontos)
Acabo de ver um fenomeno identico. Tive oportunidade de gravar... achei tão estranho q vim procurar uma explicação cientifica.. e encontrei este site

Como coloco aqui o video?
comentou por Astrónomo Avançado (8k pontos)
Coloque o video por exemplo no youtube, de seguida coloque aqui o link.

Bem-vindo ao Astronomia Q&A, lugar onde poderá perguntar e receber respostas de outros membros da comunidade.

Para profissionais e amadores nos campos da astronomia, astrofísica, astronomia e astrofísica teórica, astronomia observacional, astronomia solar, ciências planetárias, astronomia estelar, astronomia galáctica e extra-galáctica, cosmologia, astrobiologia entre muitas outras.



Antes de doar leia o nosso comunicado

162 perguntas

207 respostas

176 comentários

239 usuários

Partilhar Questão

Contador de Visitas
...