+5 votos
1.9k visitas
por (200 pontos)
editado por

A Nebulosa de Águia está entre as nebulosas mais conhecidas, principalmente por seus "Pilares da Criação".

Porém, mesmo tão conhecida, não possui tantos estudos online que mostrem suas principais características, sendo os principais estudos, um leve resumo sobre ela e o restante explicando sobre os Pilares da Criação.

Tenho realmente interesse em conhecer mais sobre ela, por ser uma nebulosa tão bela.

Ficaria realmente grata por uma resposta.

[EDIT] - O que pretendo entender são coisas que sejam características únicas da Nebulosa de Águia, já que mesmo parecidas, todas as nebulosas são diferentes. As pesquisas na internet generalizam muito ela, resumindo ela a Pilares da Criação, então gostaria de saber, o que a torna única além disso?

4 Respostas

+1 voto
por Galáctico (31.5k pontos)
selecionada por
 
Melhor resposta

Bom, não vejo o que eu possa acrescentar além do que está aqui:

https://en.wikipedia.org/wiki/Eagle_Nebula

https://pt.wikipedia.org/wiki/Nebulosa_da_%C3%81guia

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/6/68/Pillars_of_creation_2014_HST_WFC3-UVIS_full-res_denoised.jpg/800px-Pillars_of_creation_2014_HST_WFC3-UVIS_full-res_denoised.jpg


Situa-se na constelação da Serpente, na parte da cauda (Serpens Cauda).

O que há de particular no nome Pilares da Criação

O termo "pilares" tema ver coma forma que daqui vemos a nebulosa, olhando a partir da Terra. Para um hipotético observador, a milhares de anos-luz da Terra, e olhando numa diferente perspectiva, a visão seria diferente, assumindo outra forma que se pareceria com outra qualquer figura, animal ou estrutura.

O  termo "da criação", tem a ver com o facto de se tratar de uma região activa de formação (criação) de estrelas. Na verdade em parte é uma nebulosa de emissão (H II), com formação de estrelas e em outra parte um enxame estelar com mais de 8000 estrelas componentes.

G.A.

por (200 pontos)
Ah sim, entendo...

E ela ser uma nebulosa de emissão difusa, impede que ela seja um aglomerado estelar aberto?
por Galáctico (31.5k pontos)
editado por

Os enxames associados a nebulosas podem ser casos ligados ou podem ser independentes.

1) Em alguns casos, no processo de formação estelar, parte da nebulosa já originou estrelas e a parte restante está ainda em fase nebular (como nas Plêiades).

2) Em outros casos, o enxame pode não estar relacionado e ficar mais perto do observador do que a nebulosa, ou mais longe do que ela, ficando na mesma direcção por mero efeito de perspectiva.

NOTAS:

Os pilares são uma pequena parcela da totalidade da nebulosa, como se pode ver aqui:

http://querosaber.sapo.pt/media/galeria_multimedia_v2/offline/2534.0.pos.jpg

E aqui:

http://querosaber.sapo.pt/media/galeria_multimedia_v2/offline/2532.0.pos.jpg

Neste caso, o enxame está nas condições referidas em 1). A radiação UV das estrelas formadas vai empurrando a poeira e gás da nebulosa, dando à matéria mais densa a forma de torres altas com glóbulos escuros de poeira e gás na superfície, como se vê nas fotografias habituais, recebendo aquele nome devido à forma com que daqui da Terra se vêem. Estão a cerca de 7000 anos-luz.

GA.

por (200 pontos)
Entendo, isso me ajudou muito, obrigada!

Alias, existe algum fenômeno que aconteça nela que a torne importante para a ciência? Algum fator importante a ser observado ou algo assim? E o que a torna tão visualmente bela?
por Galáctico (31.5k pontos)
Bom, , o estudo desta nebulosa é relevante para a investigação do processo formativo e das primeiras fases da evolução estelar. E também, num prazo de observação mais longo, dará informação sobre a interacção entre a formação estelar e a dinâmica das massas nebulares relativamente próximas das estrelas que se vão formando..

Quanto à segunda parte da sua pergunta, ela é de natureza estética-subjectiva, pelo que não consigo dar resposta.

GA
+1 voto
por (160 pontos)

1. Diferentemente da Nebulosa da Formiga , que é uma nebulosa planetária, a Nebulosa da Águia é uma nebulosa de emissão. Simples significa que esta nebulosa brilha por causa de sua própria luz.

2. Esta nebulosa está localizada na constelação de Serpens Cauda, ​​em nossa galáxia da Via Láctea . O estudo desta nebulosa ajudou os cientistas a entender o que realmente acontece dentro de uma nebulosa.

3. A pessoa que descobriu a Nebulosa da Águia foi Philippe Loys de Chéseaux. Ele descobriu a nebulosa em 1745-1746.

4. Na verdade, Philippe Loys de Chéseaux - o astrônomo suíço realmente não descobriu a nebulosa inteira. Ele só descobriu o aglomerado de estrelas na nebulosa .

5. Foi Charles Messier - um astrônomo da França - que, em junho de 1764, descobriu que o aglomerado de estrelas descoberto por Philippe Loys de Chéseaux era na verdade parte de uma nebulosa.

6. Em seu catálogo, Messier catalogou sua descoberta como o 16 º objeto. Não é de admirar, hoje a Nebulosa da Águia também é conhecida como Messier 16 ou M16.

7. Há algum outro nome da nebulosa da águia. Eles são: "The Spire" e "Star Queen Nebula".

8. No que diz respeito à idade da Nebulosa da Águia, os cientistas acreditam que é um pouco mais velha que 5,5 milhões de anos.

9. A Nebulosa da Águia é assim chamada porque se parece muito com uma águia.

10. Basicamente, Nebulosa da Águia é o nome dado à nebulosa de emissão chamada IC 4703 e o aglomerado de estrelas a ela associado. Então, IC 4703 + Cluster de Estrelas = Nebulosa da Águia.Fatos da Nebulosa da Águia

11. A distância do IC 4703 do nosso planeta Terra é de 7.000 anos-luz. É a região ativa de formação de estrelas da Nebulosa da Águia. O Star Cluster associado ao IC 4703 é conhecido pelo nome NGC 6611.

12. Ficando confuso? Não há necessidade de ficar confuso. Lembre-se disto: IC 4703 (nebulosa de emissão) + NGC 6611 (aglomerado de estrelas aberto associado) = Nebulosa de Eagle.

13. Quão grande é a nebulosa da águia? Não muito. Astronomicamente falando, é muito pequeno. Ele se estende por uma área de 70 anos-luz por 55 anos-luz.

14. O IC 4703 (geralmente usado para se referir à Nebulosa da Águia) é composto de nuvens de gás ionizado que emitem raios UV.

15. Estima-se que o cluster de estrelas abertas ou o NGC 6611 possua 8.100 estrelas. A estrela mais brilhante neste cluster é conhecida como HD 168076.

16. O HD 168076 é basicamente um sistema estelar binário em que a estrela principal é O3.5V e a estrela companheira é O7.5V.

17. O HD 168076 é extremamente brilhante com magnitude aparente de +8,24. Isso o torna visível com um par de bons binóculos.

18. O HD 168076 é muito maior que o nosso Sol e tem uma massa estimada em 80 massas solares. Também é 1 milhão de vezes mais luminoso que o nosso próprio Sol .

19. O aglomerado de estrelas NGC 6611 foi o que Philippe Loys de Chéseaux realmente descobriu. A idade de NGC 6611 é estimada em 5,5 milhões de anos, enquanto a própria nebulosa é estimada em ser um pouco mais velha que isso.

20. A magnitude aparente de toda a nebulosa é +6,4. É por isso que um telescópio de baixa potência é suficiente para detectar a Nebulosa da Águia.

0 votos
por Galáctico (31.5k pontos)
editado por

Será que pode concretizar um pouco mais o que pretende?

Já há no Astronomia Q&A uma pergunta que refere esta nebulosa, aqui:

http://astronomia.galactica.pt/292/diferen%C3%A7a-entre-imagens-dos-pilares-da-cria%C3%A7%C3%A3o-de-1995-2011

Boas observações

GA

por (200 pontos)
O que pretendo entender são coisas que sejam características únicas da Nebulosa de Águia, já que mesmo parecidas, todas as nebulosas são diferentes. As pesquisas na internet generalizam muito ela, resumindo ela a Pilares da Criação, então gostaria de saber, o que a torna única além disso?
0 votos
por Galáctico (31.5k pontos)
republicada por

Passei o comentário para a categoria de resposta.

Bem-vindo ao Astronomia Q&A, lugar onde poderá perguntar e receber respostas de outros membros da comunidade.

Para profissionais e amadores nos campos da astronomia, astrofísica, astronomia e astrofísica teórica, astronomia observacional, astronomia solar, ciências planetárias, astronomia estelar, astronomia galáctica e extra-galáctica, cosmologia, astrobiologia entre muitas outras.



Antes de doar leia o nosso comunicado

176 perguntas

223 respostas

187 comentários

1.3k usuários

Contador de Visitas
...