Asteróide 2016 QL44 a caminho da Terra?

+2 votos
499 visitas
perguntou Set 13, 2016 em Astrofísica por Fernando Fernandes AstroCurioso (1,810 pontos)
editado Set 16, 2016 por Administrador

Segundo esta notícia alarmista do jornal Económico parece que estamos em perigo eminente.

"O tempo exacto da abordagem é desconhecido, mas os cientistas afirmam que o asteróide pode demorar até 16 minutos a atravessar o planeta."

"O potencial impacto do asteróide com o nosso planeta seria catastrófico se ocorresse numa área povoada, adianta o astrónomo Donald Yeomans, citado pelo Daily Express."

Devemos estar preocupados com a notícia ou com o asteróide?

  

1 Resposta

+1 voto
respondida Set 15, 2016 por Guilherme de Almeida Super-Nova (24,440 pontos)
editado Set 28, 2016 por Guilherme de Almeida
 
Melhor resposta

A notícia é alarmista.

À escala do sistema Terra-Lua (cuja separação media é 384 400 km) uma distância de 50 000 km é considerada quase "a rasar", pois corresponde cerca de 13% da separação atrás referida. Mas, ainda assim, 50 000 km correspondem a  cerca de 8 vezes a medida do raio terrestre.

O tempo de 16 minutos, é uma extrapolação sem sentido, apenas para dar ideia da velocidade: de facto, à velocidade de 14 km/s, em 16 min=960 s percorre-se 13 440 km o que é grosso modo a medida do diâmetro da Terra (12 756 km). O que querem dizer é que, em 16 minutos, o objecto percorreria uma distância equivalente ao diâmetro do nosso planeta (supondo essa velocidade constante). Digo "sem sentido" por duas razões:

  1. porque dão a entender colisão (que não vai acontecer);
  2. porque dão a entender travessia do globo terrestre, coisa completamente maluca e fisicamente impossível.

Se a Terra fosse fluida e diáfana e sem oferecer resistência significativa, e o objecto viesse direitinho, apontado ao centro da Terra, nessa suposição sem sentido ele atravessaria a Terra em 16 minutos.

Mas o mais provável e quase garantido é que ele passará a uma distância superior a 65 000 km da Terra. Não será o fim do mundo!

A 17 de Setembro não daremos por nada. Não será a oportunidade das "profecias" nem das "teorias da conspiração catastróficas". Um dia como outro qualquer.

Bons sonhos até lá.

Guilherme de Almeida

PS -- O dia 17 de Setembro de 2016 já lá vai e nós ainda aqui estamos, o que prova, acima de qualquer dúvida, que o alarme era manifestamente exagerado.

Bem-vindo ao Astronomia Q&A, lugar onde poderá perguntar e receber respostas de outros membros da comunidade.

Para profissionais e amadores nos campos da astronomia, astrofísica, astronomia e astrofísica teórica, astronomia observacional, astronomia solar, ciências planetárias, astronomia estelar, astronomia galáctica e extra-galáctica, cosmologia, astrobiologia entre muitas outras.



Antes de doar leia o nosso comunicado

146 perguntas

186 respostas

157 comentários

176 utilizadores

Partilhar Questão

Contador de Visitas
...